Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.unisantos.br/handle/tede/5582
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Concepções da equipe de enfermagem sobre o cuidado da criança hospitalizada
metadata.dc.creator: Silva, Alana Cristina de Sousa Alencar
metadata.dc.contributor.advisor1: Inoue, Silvia Regina Viodres
metadata.dc.contributor.referee1: Inoue, Silvia Regina Viodres
metadata.dc.contributor.referee2: Barbieri, Carolina Luisa
metadata.dc.contributor.referee3: Avoglia, Hilda Capelão
metadata.dc.description.resumo: Os hospitais pediátricos são espaços que requerem uma diferenciação não apenas física, mas principalmente na fluidez das relações entre os profissionais da equipe interdisciplinar, o paciente e seu acompanhante/familiar. Diversas são as situações que podem levar uma criança a ser hospitalizada, por isso, a assistência humanizada é de fundamental importância no cuidar das práticas em saúde, para que esse processo de hospitalização seja o mais breve e menos traumático possível. O estudo objetivou compreender as concepções da equipe de enfermagem sobre o cuidado da criança hospitalizada. A partir de uma investigação com abordagem qualitativa, participaram da pesquisa oito profissionais da equipe de enfermagem de um hospital pediátrico. O instrumento utilizado para a coleta de dados foi uma entrevista semiestruturada. Os dados foram levantados através da Análise de Conteúdo, sistematizada por Bardin, que utiliza procedimentos sistemáticos e objetivos de descrição do conteúdo das mensagens através de procedimentos temáticos. A partir da análise dos relatos das participantes, emergiram quatro categorias, sendo elas: O cuidado da equipe de enfermagem com crianças hospitalizadas; A interface entre o cuidado humanizado e o cuidado técnico; Trabalho interdisciplinar/relação interpessoal e Relação com o trabalho/rotina. Concluiu-se que os componentes que constroem o relacionamento interpessoal entre os sujeitos são primordiais no desenvolvimento do cuidado com vistas a sua humanização, contemplando a empatia e a escuta da necessidade do outro. Possibilitando formas mais eficientes de cuidar e organizar o trabalho. Pois o processo de trabalho da equipe de enfermagem deve ser organizado no sentido de envolver tanto a criança quanto o acompanhante/familiar, com o propósito de oferecer ações de assistência singular. O conhecimento gerado nesse estudo poderá proporcionar subsídios para a (re)construção de uma concepção de cuidado à criança hospitalizada, pela equipe de enfermagem, atrelado às necessidades da criança, que refletirá diretamente no processo saúde-doença e na construção do vínculo gerado na relação Equipe-paciente-família.
Abstract: Pediatric hospitals are spaces that require not only physical differentiation, but especially in the relations between interdisciplinary team professionals, the patient and their companion/family. There are several situations that needs a child to be hospitalized, so humanized care is the fundamental importance in taking health practices care, to make the hospitalization process brief and less traumatic. The study aimed to understand the nursing team conceptions about the hospitalized children care. From an investigation with a qualitative approach, eight professionals from the nursing team in pediatric hospital participated. The instrument used for data collection was a semi-structured interview. Data were collected through Content Analysis, systematized by Bardin, which uses systematic procedures and objective description of message content through thematic procedures. From the participants' reports analysis, four categories emerged, namely: The nursing staff care with hospitalized children; The interface between humanized care and technical care; Interdisciplinary work/interpersonal relationship and Relationship with work/routine. It was concluded that the components that build the interpersonal relationship between the subjects are paramount in care development with a humanization view, contemplating empathy and listening the others¿ need. Enabling efficient ways to care and organized work. The nursing work process must be organized in order to involve both the child and the companion/family, with the purpose of offering singular assistance actions. The knowledge generated in this study may provide subsidies for the (re) construction of care concept for hospitalized children, by the nursing team, linked to the child's needs, which will reflect directly on the health-disease process and the bond construction in the patient-family-team relationship.
Keywords: enfermagem; concepções; cuidado; criança hospitalizada
nursing; conceptions; watch out; hospitalized child
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Católica de Santos
metadata.dc.publisher.initials: Católica de Santos
metadata.dc.publisher.department: Centro de Ciências Sociais Aplicadas e Saúde
metadata.dc.publisher.program: Mestrado em Saúde Coletiva
Citation: SILVA, Alana Cristina de Sousa Alencar. Concepções da equipe de enfermagem sobre o cuidado da criança hospitalizada. 2019. 80 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Católica de Santos, Programa de Pós-Graduação stricto sensu em Saúde Coletiva, 2019.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://tede.unisantos.br/handle/tede/5582
Issue Date: 27-Aug-2019
Appears in Collections:Mestrado em Saúde Coletiva

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Alana Cristina de Sousa Alencar Silva.pdfDissertação_Mestrado em Saúde Coletiva1,12 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.