Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.unisantos.br/handle/tede/5322
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorOliveira, Mônica Janine Andrade de Freitas-
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/5004946979448713pt_BR
dc.contributor.advisor1Barros , Claudia Renata dos Santos-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/7178135183672177pt_BR
dc.contributor.referee1Barros, Claudia Renata dos Santos-
dc.contributor.referee2Inoue, Silvia Regina Viodres-
dc.contributor.referee3Bernardes, Luzana Mackevivius-
dc.date.accessioned2019-04-23T18:28:31Z-
dc.date.available2019-03-25-
dc.date.available2019-04-23T18:28:31Z-
dc.date.issued2019-03-25-
dc.identifier.citationOLIVEIRA, Mônica Janine Andrade de Freitas. Fatores associados à transmissão vertical do HIV em pacientes assistidas em um serviço de referência na Paraíba: um estudo caso-controle. 2019. 61 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Católica de Santos, Programa de Pós-Graduação stricto sensu em Saúde Coletiva, 2019.pt_BR
dc.identifier.urihttps://tede.unisantos.br/handle/tede/5322-
dc.description.resumoIntrodução: A epidemia da infecção pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV) e da Síndrome da imunodeficiência adquirida (AIDS) é uma realidade global e por sua dinamicidade, heterogeneidade e magnitude, configura-se um dos maiores desafios de saúde pública no mundo. A vulnerabilidade de crianças expostas à transmissão vertical pelas suas mães durante o período gestacional, parto e puerpério evidencia a necessidade de planejar e operacionalizar estratégias que assegurem a eficiência dos serviços de prevenção do HIV. Objetivos: Esta investigação consta de um estudo epidemiológico observacional do tipo caso-controle com o objetivo geral de avaliar os fatores associados à transmissão vertical do HIV em pacientes assistidas no Serviço de Assistência Especializada Familiar (SAE) do Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW). Método: Para compor a amostra foram considerados 27 casos de transmissão vertical registrados no banco de dados do SAE, com o grupo de controles composto por 108 crianças não infectadas nascidas de mães HIV positivas, selecionadas na proporção de 4:1 por amostragem aleatória simples. Para a obtenção das informações de interesse do estudo foi utilizado um questionário para a caracterização sociodemográfica da mãe, do acompanhamento pré-natal e parto, além da caracterização da criança a partir de dados clínicos e terapêuticos, com coleta de dados ocorrida entre os meses de janeiro e fevereiro de 2018, após aprovação do projeto pelo Comitê de Ética da UNISANTOS. Para a análise dos dados, utilizou-se a estatística descritiva para a caracterização amostral de casos e controles, bem como os modelos de regressão logística bivariada e múltipla, considerando o nível de significância de 5% quando associadas à ocorrência da transmissão vertical do HIV (desfecho). Resultados e Discussão: Constatou-se que as variáveis utilização de antirretrovirais pela mãe durante o pré-natal, tempo de uso do AZT, escolaridade da mãe e uso do AZT intraparto foram associadas negativamente à transmissão vertical do HIV, ou seja, fator de proteção. Foi possível verificar que uma criança cuja mãe não utilizou antirretrovirais durante o pré-natal, tem aproximadamente 12 vezes mais chances de apresentar o quadro de carga viral para HIV através da transmissão vertical. Outro importante achado é que a criança cuja mãe possui escolaridade até o ensino fundamental incompleto tem 11 vezes mais chance de adquirir a doença. Além disso, é possível observar que o uso do AZT intraparto é um fator de proteção, reduzindo o risco da criança em 26% de adquirir HIV via transmissão vertical. Considerações Finais: As evidências dos fatores relacionados a TV sustentam a importância da identificação precoce das gestantes infectadas pelo HIV, já que, uma assistência adequada e diagnóstico do HIV no pré-natal colabora para a obtenção de taxas mais baixas de TV.pt_BR
dc.description.abstractIntroduction: The human immunodeficiency virus (HIV) and acquired immunodeficiency syndrome (AIDS) epidemic is a global reality and because of its dynamism, heterogeneity and magnitude, this is one of the greatest public health challenges in the world. The vulnerability of children exposed to vertical transmission by their mothers during the gestational, puerperal, and post-puerperal periods shows the need to plan and operationalize strategies that ensure the efficiency of HIV prevention services. Objectives: This investigation is an epidemiologic observational study of control-case type which goal is evaluate associated factors to HIV vertical transmission in Lauro Wanderley University Hospital¿s (LWUH) Specialized Family Assistance Service (SFA). Method: For the sample were considered 27 vertical transmission registered cases from SFA database, with a control group of 108 non-infected children born from HIV positive mothers. They were selected on 4:1 proportion by random sample. To obtain information for this study¿s interest, was used a questionnaire for mother¿s social demographic characterization, from prenatal and child-birth, besides child¿s characterizations from clinic and therapeutic data. This data was collected between 2018¿s January and February, after UNISANTOS Ethics Committee approval. For data analysis, was used descriptive statistics to sample characterization of cases and controls, as bivariate and multiple logistic regression models, considering 5% significance level when associate to vertical HIV transmission (denouement) occurrence. Results and Discussion: Was observed that variables such as antiretroviral usage during prenatal by mother, AZT using time, mother¿s scholarship and AZT¿s usage intrapartum were negatively associated to HIV vertical transmission, in other words, as a protection factor. Was possible to verify that a child, whose mother didn¿t use antiretroviral during prenatal, has approximately 12 times more chances to presenting a HIV viral load through vertical transmission. Other meaningful discovery is that a child whose mother scholarship is up to basic level completed has 11 times more chances to getting the disease. Besides, is possible to observe intrapartum AZT usage is a protection factor, reducing to 26% the child risk of getting HIV through vertical transmission. Final Considerations: The factors associated to VT factors sustain the matter of early identification of pregnant women infected by HIV, since an adequate HIV assistance and diagnosis during prenatal collaborates to obtain lower VT ranks.pt_BR
dc.description.provenanceSubmitted by Rosina Valeria Lanzellotti Mattiussi Teixeira (rosina.teixeira@unisantos.br) on 2019-04-23T18:28:30Z No. of bitstreams: 1 Monica Janine Andrade de Freitas Oliveira.pdf: 1051266 bytes, checksum: eb436f38f170719e0b51be5c2bc0d58e (MD5)en
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2019-04-23T18:28:31Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Monica Janine Andrade de Freitas Oliveira.pdf: 1051266 bytes, checksum: eb436f38f170719e0b51be5c2bc0d58e (MD5) Previous issue date: 2019-03-25en
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Católica de Santospt_BR
dc.publisher.departmentCentro de Ciências Sociais Aplicadas e Saúdept_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.initialsCatólica de Santospt_BR
dc.publisher.programMestrado em Saúde Coletivapt_BR
dc.relation.referencesOLIVEIRA, Mônica Janine Andrade de Freitas. Fatores associados à transmissão vertical do HIV em pacientes assistidas em um serviço de referência na Paraíba: um estudo caso-controle. 2019. 61 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Católica de Santos, Programa de Pós-Graduação stricto sensu em Saúde Coletiva, 2019.pt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectatenção à saúde; epidemiologia; infecções por hiv; transmissão verticalpt_BR
dc.subjecthealth attention; epidemiology; hiv inflections; vertical transmissionpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVApt_BR
dc.titleFatores associados à transmissão vertical do HIV em pacientes assistidas em um serviço de referência na Paraíba: um estudo caso-controle.pt_BR
dc.title.alternativeFactors associated to vertical transmission of HIV in patients assisted on a reference service in Paraíba: a case-control study.pt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
Appears in Collections:Mestrado em Saúde Coletiva

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Monica Janine Andrade de Freitas Oliveira.pdfDissertação_Mestrado em Saúde Coletiva1,03 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.