Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.unisantos.br/handle/tede/488
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorGaudeoso, Érika Costa da Silva-
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/6204265932154184por
dc.contributor.advisor1Junqueira, Luciano Antonio Prates-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/3186420006807999por
dc.date.accessioned2015-02-04T21:38:51Z-
dc.date.available2010-09-01-
dc.date.issued2010-03-31-
dc.identifier.citationGAUDEOSO, Érika Costa da Silva. As redes sociais no processo de incubação de empreendimentos econômicos solidários : um estudo de caso. 2010. 91 f. Dissertação (Mestrado em Organização e gestão) - Universidade Católica de Santos, Santos, 2010.por
dc.identifier.urihttps://tede.unisantos.br/handle/tede/488-
dc.description.resumoAs redes sociais são relacionamentos entre atores, quer sejam pessoas e/ou instituições em torno de interesses compartilhados, que possibilitam planejar de maneira articulada ações que visem a transformação da realidade social. O intuito desta pesquisa realizada junto a um grupo de jovens incubados pela Incubadora de Empreendimentos Econômicos Solidários da Universidade Católica de Santos foi identificar os fenômenos sociais das relações entre vinte jovens beneficiados pelo projeto Oficinas Querô. A finalidade do projeto, com vistas ao desenvolvimento de habilidades para uma transformação social, proporcionou capacitação técnica na área audiovisual. A pesquisa de natureza quali-quantitativa foi realizada junto aos jovens com a utilização de entrevista, observação participante e aplicação de um formulário para identificar como se deram as relações sociais entre os jovens e destes com a equipe da Incubadora durante o processo de incubação. Na análise dessas relações foram utilizadas métricas de redes sociais para identificar a centralidade e a agregação dos atores envolvidos. O referencial teórico de rede e capital social possibilitou verificar que a incubação é um processo de desenvolvimento das relações inter-grupo proporcionando a valorização das competências individuais. Observou-se que essas competências necessitam ser articuladas no ampliado da rede para serem apropriadas pelo grupo. A equipe da Incubadora assumiu papel de intermediação na rede de relações do grupo, reforçando a confiança, o que favoreceu o aumento do capital social.por
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2015-02-04T21:38:51Z (GMT). No. of bitstreams: 1 erika costa.pdf: 968548 bytes, checksum: 878edb4807de0aa7813caf97dc4b001a (MD5) Previous issue date: 2010-03-31eng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Católica de Santospor
dc.publisher.departmentOrganização e gestãopor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsCatólica de Santospor
dc.publisher.programMestrado em Gestão de Negóciospor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectrede socialpor
dc.subjectcapital socialpor
dc.subjecteconomia solidáriapor
dc.subjectincubação social.por
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAOpor
dc.titleAs redes sociais no processo de incubação de empreendimentos econômicos solidários : um estudo de casopor
dc.typeDissertaçãopor
Appears in Collections:Mestrado em Gestão de Negócios

Files in This Item:
File SizeFormat 
erika costa.pdf945,85 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.