Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.unisantos.br/handle/tede/2961
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Perfil do conhecimento/percepção de HIV/AIDS entre gestantes.
Other Titles: Profile Knowledge/Awareness of HIV/AIDS among pregnant women.
metadata.dc.creator: Vieira, Renata Braga Rolim
metadata.dc.contributor.advisor1: Barros, Claudia Renata dos Santos
metadata.dc.contributor.referee1: Barros, Claudia Renata dos Santos
metadata.dc.contributor.referee2: Silva, Neide Gravato da
metadata.dc.contributor.referee3: Zucchi, Eliana Miúra
metadata.dc.description.resumo: Introdução: A Aids é considerada uma doença crônica e atualmente estima-se que vivem no mundo 36,9 milhões de pessoas com a doença. No Brasil, desde o início da epidemia até os dias atuais, foram notificados 798.366 casos de Aids. Nas gestantes, a taxa de detecção do HIV apresentou tendência de aumento nos últimos dez anos. Objetivo: Este estudo teve como objetivo analisar o conhecimento sobre HIV/Aids, segundo características sociodemográficas de gestantes do município de Sousa- PB. Metodologia: Estudo transversal, com abordagem quantitativa. O mesmo foi realizado com amostra de conveniência de 164 gestantes estratificadas pelas 26 unidades básicas de saúde do município de Sousa-PB. A variável dependente foi o conhecimento sobre HIV/Aids e como variáveis independentes as características sociodemográficas (idade, classificação socioeconômica, estado civil, escolaridade, religião, raça/ cor e condição de trabalho). As variáveis foram descritas por frequências e proporções. As diferenças entre proporções foram analisadas por meio dos testes de Qui-quadrado de Pearson e Exato de Fisher. Resultados: A média de idade das gestantes foi de 26,13 anos, a maioria delas casadas, com ensino fundamental incompleto, cor parda, religiosas (católica) e desempregadas. Verificou-se que em relação à prevenção de HIV: 1- 74,4% considerou que relação sexual com parceiro fiel e não infectado reduz o risco de HIV, 2- 60,4% concordou que gestante com tratamento adequado evita transmissão vertical HIV e 3- 62,2% acreditavam que tratamento adequado não reduz risco de transmissão horizontal. A idade e a escolaridade mostraram que as gestantes mais velhas e com mais anos de estudos apresentaram um maior conhecimento para o HIV/Aids. Conclusão: Há lacunas no conhecimento relativo à transmissão vertical e relação sexual das gestantes entrevistadas. São necessárias ações mais eficazes para promoção da educação sexual nas escolas, universidades e nas comunidades, enfatizando a importância da prática do sexo seguro, do conhecimento para a prevenção e transmissão do HIV, bem como uma assistência pré-natal de qualidade visando aumentar o conhecimento entre a população em geral e assim diminuir o número de casos de HIV/Aids no Brasil e no mundo.
Abstract: Introduction: AIDS is considered a chronic disease and, nowadays, approximately 36.9 million people with the disease live in the world. In Brazil, since the beginning of the epidemic to the present day, 798,366 AIDS cases have been reported. In pregnant women, the HIV detection rate showed an upward trend over the past decade. Objective: to analyze the knowledge of HIV / AIDS, according to sociodemographic characteristics of pregnant women in the city of Sousa- PB. Methodology: This was a cross sectional study with a quantitative approach, conducted with 164 pregnant women, stratified by 26 basic health units in the city of Sousa-PB. The dependent variable was the knowledge about HIV / AIDS and as independent variables sociodemographic characteristics (age, socioeconomic classification, marital status, education, religion, race / color and working condition). The variables were described as frequencies and proportions. The differences among proportions were analyzed using the chi-square tests of Pearson and Fisher exact. Results: Based on the results, the profile of the study participants were pregnant women with a mean age of 26.13 years, most of them married, with incomplete elementary school, mulatto, religious (Catholic) and unemployed. It was found that, regarding HIV prevention, 74.4% considered that sexual intercourse with faithful and uninfected partner reduces the risk of HIV, 60.4% agreed that pregnant women with proper treatment prevents vertical HIV transmission and 62.2% believed appropriate treatment does not reduce risk of horizontal transmission. Age and education enhanced that older pregnant women, with higher education level showed increased knowledge on HIV / AIDS. Conclusion: There are gaps in knowledge on the vertical and horizontal transmission of the interviewed mothers. More effective measures to promote sex education in schools, universities and communities, emphasizing the importance of practicing safe sex, knowledge for the prevention and transmission of HIV are extremely necessary, as well as prenatal care quality, to increase knowledge among the general population and, thus, decrease the number of cases of HIV / AIDS in Brazil and worldwide.
Keywords: conhecimento; gestantes; HIV; transmissão; prevenção
knowledge; pregnant women; HIV; transmission
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Católica de Santos
metadata.dc.publisher.initials: Católica de Santos
metadata.dc.publisher.department: Centro de Ciências Sociais Aplicadas e Saúde
metadata.dc.publisher.program: Mestrado em Saúde Coletiva
Citation: VIEIRA, Renata Braga Rolim. Perfil do conhecimento/percepção de HIV/AIDS entre gestantes. 2016. 68 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Católica de Santos, Santos, 2016.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://tede.unisantos.br/handle/tede/2961
Issue Date: 31-May-2016
Appears in Collections:Mestrado em Saúde Coletiva
Mestrado em Saúde Coletiva

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Renata Braga Rolim Vieira.pdfDissertação_Mestrado em Saúde Coletiva948,47 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.