Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.unisantos.br/handle/tede/222
metadata.dc.type: Dissertação
Title: LOS VALIENTES: A FORMAÇÃO DE PROFESSORES NA ESCOLA SECUNDÁRIA BÁSICA EM CUBA
metadata.dc.creator: Leite, Maria do Carmo Luiz Caldas
metadata.dc.contributor.advisor1: Martins, Angela Maria
metadata.dc.description.resumo: Esta pesquisa busca compreender o processo de transformação implementado nas escolas secundárias básicas em Cuba as ESBs que atendem alunos dos 7°, 8° e 9° grados. O recorte prioriza a formação do professor generalista integral, no bojo do movimento de universalização do ensino superior em curso no país. O percurso metodológico fundamenta-se em uma abordagem qualitativa do tipo etnográfico, com base nas referências fornecidas por André (2004a; 2004b). Os questionamentos emanam da compreensão de uma mudança que, oposta às concepções formalistas, lança desafios na formação de um novo professor e reestrutura, em todo país, os Institutos Superiores Pedagógicos os ISPs e as escolas, tratadas como microuniversidades. Dentre os objetivos encontram-se: explicitar as características do cambio nas secundárias básicas em Cuba; discutir os fundamentos da formação docente, o conceito de microuniversidade, e, finalmente, analisar o contexto nas escolas secundárias básicas cubanas, buscando construir contrapontos necessários para evidenciar os avanços, as dificuldades, as contradições, bem como as possibilidades de operacionalização da reforma. Ao proceder à reflexão das pesquisas nessa área, destacam-se os trabalhos de Rojas Arce et al (2002), Rojas Arce (2005), García Ramis et al (2003, 2004) e García Ramis (2005a; 2005b), fundamentais no embasamento teórico desta investigação. Em 2001, na busca de soluções para os problemas que afetavam as escolas secundárias básicas, um coletivo de professores dos ISPs de todas as províncias implementou a idéia de formar professores generalistas integrais os PGIs capazes de ministrar todas as asignaturas, exceto Inglês e Educação Física, a um grupo de 15 alunos. Mostrou-se necessário conhecer quem seria esse profissional, no âmbito das políticas de formação. O comprometimento do docente deveria centrar-se num fazer diferenciado para cada grupo estudantil e para cada aluno em particular, consolidando o papel do maestro como educador. Transfigurava-se também a relação do professor com a família, objetivando novas formas de interação. A prática docente, tornando-se mais integral, assumiria uma nova complexidade no sentido de favorecer o desenvolvimento individual de cada aluno. A presença das novas tecnologias, incluindo aulas televisivas, computadores e vídeos, é uma realidade nas escolas, ainda que o protagonismo da estratégia educativa, de acordo com o modelo projetado, deva estar nas mãos dos professores.
Keywords: educação em Cuba
escola secundária básica
reforma educacional
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Católica de Santos
metadata.dc.publisher.initials: Católica de Santos
metadata.dc.publisher.department: Educação e Formação
metadata.dc.publisher.program: Mestrado em Educação
Citation: LEITE, Maria do Carmo Luiz Caldas. LOS VALIENTES: A FORMAÇÃO DE PROFESSORES NA ESCOLA SECUNDÁRIA BÁSICA EM CUBA. 2006. 315 f. Dissertação (Mestrado em Educação e Formação) - Universidade Católica de Santos, Santos, 2006.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://tede.unisantos.br/handle/tede/222
Issue Date: 27-Oct-2006
Appears in Collections:Mestrado em Educação

Files in This Item:
File SizeFormat 
maria do carmo luiz caldas leite.pdf6,55 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.