Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.unisantos.br/handle/tede/1764
metadata.dc.type: Dissertação
Title: O uso de preservativos na população de 15 a 24 anos no município de São Paulo
metadata.dc.creator: Araujo, Daniely Sciarotta de
metadata.dc.contributor.advisor1: Barros, Claudia Renata dos Santos
metadata.dc.contributor.referee1: Barros, Claudia Renata dos Santos
metadata.dc.contributor.referee2: Zucchi, Eliana Miura
metadata.dc.contributor.referee3: Gonçalves, Cristiane
metadata.dc.description.resumo: Nesta quartadécada da epidemia do HIV/Aids, observa-se um aumento de detecção de infecção pelo HIV entre os jovens, por via sexual. Uma das estratégias de enfrentamento desta epidemia é por meio de trabalho coletivo para que haja uma transformação social no que diz respeito aos métodos de prevenção, incluindo o uso de preservativo. Assim, este estudo objetivou descrever o uso de preservativos entre jovens de 15 a 24 anos no município de São Paulo, segundo características sociodemográficas, conhecimento sobre HIV/Aids, uso de álcool e drogas e práticas sexuais. Para isto foram analisadas informações de 862 jovens que relataram ter iniciado a vida sexual. Todas as variáveis foramdescritas por frequências e proporções e os testes de hipótese utilizados foram o Qui-quadrado de Pearson e Exato de Fisher. Verificou-se maior uso de preservativo entre os solteiros, entre os que não usam drogas ou não bebem e que responderam não apresentar preconceito. Porém, ainda há uma baixa prevalência do uso de preservativos entre os jovens, apesar doaltoconhecimento de alta a sua importância para a prevenção do HIV. É necessário compreender a complexidade social e cultural que orientam o uso eficaz de preservativos.
Abstract: In this fourthdecade of the HIV / AIDS, there is an increase in detection of HIV infectionamongyoungpeople, by having sex. One of the copingstrategies of this epidemic is throughcollectiveworksothere is a social transformation with regard to prevention methods, includingcondom use. This studyaimed to describe the use of condomsamongyoungpeopleaged 15 to 24 in São Paulo, according to sociodemographiccharacteristics, knowledge about HIV / AIDS, alcohol and drugs and sexual practices. For this information from 862 youngpeoplewereanalyzed who reportedhavinginitiated sexual life.Allvariableswereexpressed as frequencies and proportions and hypothesistestsusedwere the chi-square test and Fisher's exact. A highercondom use amongunmarriedamongthose who do not use drugs or not drinking and answered not show prejudice. However, there is still a lowprevalence of condom use amongyoungpeople, despite the high knowledge of theirhighimportance for the prevention of HIV. It is necessary to understand the social and cultural complexity that guide the effective use of condoms.
Keywords: HIV; preservativo; jovens; prevenção
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Católica de Santos
metadata.dc.publisher.initials: Católica de Santos
metadata.dc.publisher.department: Centro de Ciências Sociais Aplicadas e Saúde
metadata.dc.publisher.program: Mestrado em Saúde Coletiva
Citation: ARAUJO, Daniely Sciarotta de. O uso de preservativos na população de 15 a 24 anos no município de São Paulo. 2015. 77 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Católica de Santos, Santos, 2015.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://tede.unisantos.br/handle/tede/1764
Issue Date: 13-Aug-2015
Appears in Collections:Mestrado em Saúde Coletiva

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Daniely Sciarotta de Araujo.pdfDissertação_Mestrado em Saúde Coletiva2,76 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.